/ SolidWorks e as Dicas do Kastner: Chapas Metálicas – #SolidWorks 2012 – Parte 2

Chapas Metálicas – #SolidWorks 2012 – Parte 2

Postado por Guilherme Kastner Dia 18 de outubro de 2011

Senhores,

Eis que o SolidWorks 2012 nos passa a reservar mais novidades de Chapas metálicas do que o fascinante flange por varredura. Coisas que estavam no CAD há muitos e foram aprimoradas nesta versão lançada este ano. A grande novidade do post de hoje é o método de gerenciamento das ferramentas de conformação, as “Punch Tools”.

Como funcionava

Até a versão 2011 as punch tools possuíam algumas características

  • As punções eram armazenadas em arquivos de peças (meu método preferido); ou
  • Armazenadas em bibliotecas de recursos (nunca soube utilizar bem).
  • Cada tamanho de peça era um arquivo de punção
  • A inserção de punções na chapa possuía uma interface pobre
  • Era necessária a inserção de uma punção por recurso ou a utilização de padrões de esboço.

Só aí contávamos com muitas dificuldades realmente apesar de que configurar uma biblioteca de punções ser algo realmente simples.

Novidades

Contamos um uma série de novidades na versão 2012

  • Identificação da pasta de biblioteca de conformação com  um logo especial
  • Inserção de punções por property manager específico com uma série de novas funcionalidades
    • Controlar o lado da inserção dos itens
    • Definição de tamanho da punção a ser inserida
    • Definição da localização do item
    • Quantificação dos itens inseridos
  • Suporte a múltiplos tamanhos de punções na inserção da biblioteca

Essa novidade muda toda a dinâmica da administração de chapas metálicas na versão 2012.

Demonstração – Início

A primeira parte consiste na criação da punção como funcionava nas outras versões do SolidWorks

Edições finas

Como eu, mero mortal, apenas trabalho com punções armazenadas em arquivos de peça, devo executar os seguintes procedimentos:

  • Salvar a peça em um local
  • Indicar este local como local de arquivo de biblioteca
  • Definir a pasta como pasta de conformação
  • Criar múltiplas configurações para a peça
  • Nomear as configurações de forma apropriada

Bem, isso se torna suficiente para a edição do modelo

Posicionamento da conformação

Lembro que a peça pode ser inserida em qualquer chapa desde que o raio que criamos seja maior que a espessura da peça. Com isso, evitamos erros de reconstrução do modelo.

imageO importante é analisarmos o novo property manager da ferramenta de conformação que nos permite uma série de operações.

O importante é entender o que representa cada item. Á esquerda encontramos uma miniatura da tela completa e à direita alguns dos itens detalhados.

imageOs mais simples e significativos estão expostos na tela ao lado.

Ao inserir uma punção contamos com ferramentas práticas de inserção de ângulo de posicionamento da ferramenta e lado da chapa onde a peça é inserida.

imageUm outro detalhe é poder escolher qual configuração da peça será inserida na chapa. Vários tamanhos de peças estão disponíveis para inserção.

Acredito eu, essa ser a maior funcionalidade que foi acrescida na versão 2012 do SolidWorks.

imageOutra novidade muito bacana é vincular a punção inserida ao arquivo no qual ela foi desenvolvido. Com isso, ao alteramos a biblioteca, as peças poderão ser reconstruídas.

O importante é que todos os usuários utilizem os mesmos locais de arquivos com os mesmos mapeamentos apontados para evitarmos quebras de referências externas.

image A inserção de punção possui ferramentas similares ao Hole Wizard, em português, assistente de perfuração.

Cada ponto passa a ser uma cópia da punção selecionada na biblioteca. Com isso, não mais será necessário um padrão de esboço para inserir múltiplos itens puncionados rapidamente e de forma aleatória.

Conclusão

Senhores,

Creio que só nesta parte de conformação o SolidWorks 2012 nos reservou muitas novidades. Aguardem que vem mais coisa a frente.

Sds,
Kastner

Outros Comentários:

Nenhum comentário

© Copyright SolidWorks e as Dicas do Kastner | Design por Paulo Estevão