/ SolidWorks e as Dicas do Kastner: Agosto 2010

2 anos de blog – Aniversário

Postado por Guilherme Kastner Dia 20 de agosto de 2010

Senhores,

Hoje é mais um dia de festa!!! Este espaço está completando 2 anos de existência!!! Quero comemorar e muito os resultados… Afinal são centenas de pessoas visitando o blog por dia e milhares de visitas mensais. As marcas impressionam e estou aqui muito feliz com tudo que conquistei, o reconhecimento de todos, o respeito que tenho dos meus concorrentes e colegas de trabalho.

Esse ano de 2010 foi marcado pelo meu convite ao SolidWorks World como correspondente brasileiro. A SolidWorks me convidou para estar lá presente representando a comunidade brasileira.

DSCN0386

Esse convite foi o maior orgulho deste blogueiro este ano… Isso quem fez se tornar possível foram os leitores daqui do blog. Com isso, alguns posts em primeira mão foram escritos para os senhores como as novidades para o Solidworks 2011 no mês de fevereiro. Lembro que estamos em outubro e a versão ainda não foi lançada.

http://www.kastner.com.br/2010/02/novidades-do-solidworks-2011.html

Muitos posts bacanas surgiram este ano… Como material exclusivo para os que aqui acompanham o blog, escrevi sobre o Solidworks Toolbox.

http://www.kastner.com.br/2010/08/customizando-toolbox-parte-1-material.html

http://www.kastner.com.br/2010/08/customizando-toolbox-parte-2-massa.html

http://www.kastner.com.br/2010/08/customizando-toolbox-parte-3-massa.html

http://www.kastner.com.br/2010/08/customizando-toolbox-parte-4.html

http://www.kastner.com.br/2010/08/customizando-o-toolbox-parte-5.html

Vamos lembrar que eu já tinha comemorado e muito ano passado… Sobre as marcas que tínhamos alcançado.

http://www.kastner.com.br/2009/08/um-ano-de-blog.html

Agora é planejar mais um ano de futuro e lutar para novas conquistas. Estou a procura de pessoas que se interessem em escrever aqui periodicamente… Afinal aqui é uma das comunidades onde mais surge conteúdo exclusivo de SolidWorks.

Em breve o novo layout será lançado. Aguardem as novidades.

Sds,
Kastner

[...]

Customizando o Toolbox – Parte 5 – Planejamento

Postado por Guilherme Kastner Dia 17 de agosto de 2010

Senhores,

Eu muito já escrevi sobre o Toolbox nos últimos dias e isso até rendeu uma série de postagens. Concluam que estamos no quinto capítulo. Agora é hora de escrever sobre o planejamento da biblioteca. Eu sempre fui favoráveil a teoria de que o SolidWorks e qualquer outro software de CAD não é algo que a instalação e administração seja tão simples.

Existem alguns pontos que deveremos cuidar… Vou listar aqui abaixo o que deve ser planejado e como deve ser cuidado

Local de armazenamento

O Local de armazenameno nunca deve ser local… Nunca mesmo. Se aceitarmos o local de armazenamento do Toolbox estaremos correndo o risco de formatarmos o computador e deixar a biblioteca para trás;

É complicado de entender isso no princípio mas o Toolbox nada mais é que uma série de componentes padronizados associados a um banco de dados. Isso diminui o tamanho da instalação do programa e simplifica a administração do mesmo. Pensem que existe um tipo de parafuso

  • Parafuso sextavado – Iso

Ele possui vários diâmetros e comprimentos

  • M5 – 10mm
  • M5 – 15mm
  • M5 – 20mm

Quando instalamos o software de CAD apenas um tamanho vem salvo no arquivo do Parafuso sextavado da norma ISO. A medida que formos inserindo os diversos tamanhos deste componente em montagens eles serão incorporados a arquivos de modelos do SolidWorks. Lembro que um arquivo de modelo é muito mais pesado que uma linha de banco de dados que contem alguns valores de tamanhos.

Eu não sei como funciona o Solid Edge e se ele possui uma biblioteca mas sei que o Autodesk inventor certamente possui uma biblioteca que funciona de forma a essa que descrevi aqui e a cena que vou descrevi eu vi em um cliente que utilizava ele.

Um certo dia, um cliente resolveu formatar a sua estação de trabalho e esqueceu de executar o backup da sua biblioteca que estava local, no momento da abertura das suas máquinas e projetos na nova estação de trabalho, os componentes de fixação estavam muito bagunçados ou suprimidos. Para combater este tipo de situação o Solidworks possui uma técnica de criar automaticamente um componente de fixação quando não acha o componente desejado em sua biblioteca. Mas isso não é um cenário ideal.

O ideal é criarmos um local de armazenamento na rede e apontarmos todos os componentes para trabalhar neste diretório. Com isso, nenhuma rotina de atualização de componentes não localizados será necessária.

Compartilhamento da biblioteca

Uma vez que várias pessoas estarão trabalhando nos componentes de Toolbox em uma corporação de forma simultânea poderemos nos defrontar com alguns probleminhas bem típicos.

O primeiro é várias pessoas desejarem abrir o mesmo arquivo de forma simultânea e isso pode gerar erros indesejáveis ao salvarmos os conjuntos. Para contornarmos esse problema, uma determinada pasta da biblioteca deverá ter a sua propriedade de escrita modificada para “Somente para leitura”.

Isso soa meio estranho mas é assim mesmo… O SolidWorks possuirá a capacidade de retirar o atributo somente para leitura, gravar a peça e transformar a mesma em somente para leitura mais uma vez.

image

O mais importante é:

  • Todos os usuários deverão localixar a mesma base de dados do Toolbox com o mesmo mapeamento.
  • A base de dados deverá estar com uma parta específica com o atributo somente para leitura marcado.

Propriedades – Definição

As propriedades do Toolbox não são criadas de maneira aleatória, um usuário deve customizar em primeiro lugar a guia de propriedades personalizadas para que todas as outras rotinas do SolidWorks estejam vinculadas a ela, como:

  • Formatos de páginas
  • Listas de materiais
  • Perfis de Soldagens
  • Listas de corte
  • O recurso de visualização de montagem
  • Um sistema de PDM
  • Integração com o sistema ERP da empresa

É importante deixar claro que o Toolbox não é quem define o que teremos de listar. Alguem já definiu isso previamente e nele as propriedades apenas são replicadas. O auxílio de uma revenda com um conhecimento elevado sobre administração do SolidWorks é fundamental nesta hora e apenas prova que necessitamos planejar todas implantações de CAD.

As listas de materiais somente funcionarão se em todos os locais apropriados da instalação as propriedades forem cadastradas com nomes corretos e, nos projetos, os componentes preenchidos adequadamente.

Algumas perguntas:

  • De que adianta listar o material do parafuso se o mesmo não é listado em listas de materiais?
  • De que adianta o cálculo de peso se eu não considero isso importante em meu projeto?
  • Para que cadastrar um código se eu não possuo um ERP em minha empresa ou qualquer outro sistema de codificação?

Por isso que um técnico especializado em SolidWorks pode ajudar em todas implantações.

Sds,
Kastner

[...]

Customizando Toolbox – Parte 4

Postado por Guilherme Kastner Dia 16 de agosto de 2010

image Senhores,

Os componentes de Toolbox possuem campos próprios para listas de materiais. Mas em algumas situações necessitamos preenchimentos diferentes do que os existentes na biblioteca.

Para adicionar um campo personalizado, o procedimento é semelhante a criação de um campo de peso para a lista de materiais conforme já descrito aqui no Blog.

http://www.kastner.com.br/2010/08/customizando-toolbox-parte-2-massa.html

Agora a situação é mais simples pois não existe a necessidade de criar uma equação para vincular com a propriedade de peso ou com o material a ser inserido. Basta criar uma propriedade seguindo o exemplo abaixo

image 

Com isso, a propriedade vai ser criada de forma simples e rápida. Ao selecionarmos um componente a ser customizado, poderemos observar que a propriedade deverá ser selecionada.

 image

Com isso, pode-se observar que existirá uma coluna específica para a propriedade que está sendo criada.

image

A cada material selecionado, poderemos preencher uma descrição para cada material selecionado. Ao preenchermos a propriedade descrição na tabela do Toolbox, os componentes já serão inseridos com todas as informações de listas de materiais prontas.

Isso aí… Creio que isso é o máximo para customização do Toolbox. Creio que, com isso, ninguem poderá reclamar que o Toolbox não é customizável ou é complexo de ser utilizado.

Vou escrever mais sobre isso nos próximos dias ainda com direito a vídeos. Mas garanto que criar uma biblioteca paralela de componentes de fixação é algo desnecessário.

Sds,
Kastner

[...]

Customizando Toolbox – Parte 3 – Massa Parte 2

Postado por Guilherme Kastner Dia 13 de agosto de 2010

image Senhores,

Todos os componentes do Toolbox estão com as propriedades de massa ajustadas para grama e não quilograma. Portanto, quem desejar listar o peso dos componentes deverá executar a alteração dos arquivos de toda a biblioteca. De onde que eu tirei isso? Vamos seguindo a linha de lógica.

Situação inicial

Segue o meu post onde eu explico como customizar as propriedades de massa no Toolbox

http://www.kastner.com.br/2010/08/customizando-toolbox-parte-2-massa.html

Quem fizer isso imprimirá na propriedade o valor de massa customizado conforme o arquivo de peça. E olhem o que diz a base de conhecimento da SolidWorks sobre o assunto.

Pergunta: How is it possible to set units for Toolbox parts so that mass will appear in Kg where it now appears as grams?

Resposta: Units are burned in Toolbox parts. For example the ANSI standard part has mass calculated in pounds where as ISO standard parts have mass calculated in grams. To change these units, Toolbox parts needs to be opened from “…/SolidWorks Data/ Browser” location and the units should be changed manually.

image

A resposta sobre o assunto fala claramente que a unidade de massa deve ser ajustada manualmente.

Design Checker – Verificador de Projetos

O Verificador de projetos é uma grande ferramenta do SolidWorks e quem conta com Toolbox automaticamente conta com ele em sua instalação de SolidWorks. Afinal ambos são parte do pacote SolidWorks Professional. Simples, né?

Lembro que já escrevi sobre o assunto aqui para todos vocês conforme o link abaixo

http://www.kastner.com.br/2009/09/design-checker-correcao-de-projetos.html

Lembro que na época que escrevi o post acima, Matt Lorono comentou aqui no Blog dizendo que não imaginava uma aplicação do Design Checker no mundo real.

image 

Acho que ele vai gostar de ver que com o Design Checker poderemos criar uma verificação onde o que será modificado é apenas as propriedades de massa dos arquivos de peça.

image

O Vídeo abaixo explica todo o processo de definição das unidades.

Utilização do Agendador de tarefas

Com a definição dos parâmetros do Design Checker, lembro que agora é só executar todos os arquivos. Mas como isso seria feito? Abrir o arquivo e executar a verificação manualmente? Lembro que o Toolbox pode conter centenas de megabytes em centenas de arquivos de peças.

Como a SolidWorks respeita e muito os seus clientes, está disponível a todos criar um agendamento de tarefas com o SolidWorks e definir que ele aplicará os parâmetros de unidades em todos os arquivos de uma pasta. Segue abaixo um vídeo sobre o assunto… Lamento mas também é You Tube

Apenas antes de criar a tarefa recomendo algumas operações

  • Executar uma cópia de segurança dos arquivos que serão atualizados pela tarefa agendada.
  • Cuidar para marcar a opção que corrige o padrão automaticamente.

Com isso, acredito que todos poderemos ter um momento de felicidade.

Sds,
Kastner

[...]

Customizando Toolbox – Parte 2 – Massa

Postado por Guilherme Kastner Dia 12 de agosto de 2010

image_thumb3Senhores,

Muitas pessoas criam uma coluna na lista de materiais para descrever o peso dos seus componentes. Lembro que os componentes de fixação não são comprados por unidades, seria algo meio maluco alguem parando para contar a quantidade de parafusos que alguem estivesse comprando. Para facilitar a vida de todo mundo, é possível criar uma série de otimizações no Toolbox para que ele liste um peso aproximado dos componentes.

Lembro que no Post anterior a este eu escrevi sobre a customização e definição dos materiais nos componentes de fixação

http://www.kastner.com.br/2010/08/customizando-toolbox-parte-1-material.html

Uma vez observando este tipo de situação, pode-se criar uma nova propriedade de peso. Vamos observar o exemplo abaixo onde o nome da propriedade é peso, o tipo é caixa de texto.

image

Observar que a opção “Cada valor para esta propriedade requer um novo nome de configuração” deverá estar desmarcada. Afinal isso é uma consequencia da seleção do material não apenas um valor que será definido.

Para que o texto do peso seja adicionado automaticamente, adicione a string abaixo na opção “Valor predeterminado total”.

"SW-Mass@@Config@Part.SLDPRT"

Com isso, todos os componentes que forem inseridos estarão com a propriedade peso preenchida.

O Procedimento para a criação dos campos é muito similar ao que foi definido no post inicial da série do Toolbox.

Algumas coisas interessantes para serem sabidas:

  • A unidade de peso dos componentes está definida em gramas e não quilogramas, nos próximos posts abordarei a modificação disso
  • A massa será visualizada corretamente somente após a inserção do componente e não no property manager de inserção do componente da montagem.

A sina do Toolbox continuará nos próximos dias.

Quem viver verá.

Sds,
Kastner

[...]

Customizando Toolbox – Parte 1 – Material

Postado por Guilherme Kastner Dia 11 de agosto de 2010

image Senhores,

Estou aqui para escrever sobre o SolidWorks Toolbox. Esse assunto é muito complicado uma vez que muitas pessoas não sabem como armazenar os componentes. Eu mesmo já escrevi sobre o assunto aqui no Blog.

http://www.kastner.com.br/2009/05/solidworks-toolbox-resolvendo-problemas.html

GreA ideia hoje é escrever sobre a customização dos campos do Toolbox para que os componentes, após inseridos em uma montagem, já estejam com as propriedades de listas de materiais disponíveis para preenchimento ou já preenchida devido a um cadastro prévio em um banco de dados. Esse material foi retirado dos posts abaixo do blog conhecido como Cati Tech Notes

http://blog.cati.com/2009/09/customizing-solidworks-toolbox.html

http://blog.cati.com/2010/04/customizing-solidworks-toolboxv20.html

A ideia é traduzir o post do pessoal para que vocês tenham acesso ao que eles escreveram e o que eu comentar, colocarei como uma citação minha. Segue abaixo o post.

Recentemente escutei um cliente que chamou o time de suporte técnico e estava em busca de um caminho para adicionar recursos personalizados para o Toolbox. Em particular ele estava em busca de:

Em um parafuso sextavado que utilizo, eu tenho 3 diferentes estilos para o mesmo tamanho. Tome como exemplo o parafuso de Ø1/2-20 x 2”

Ele tem vários estilos

  • Ø1/2-20 x 2” – Grade 5
  • Ø1/2-20 x 2” – Grade 8
  • Ø1/2-20 x 2” – Galvanizado

Todos eles possuem diferenças como

  • Código
  • Cores
  • Informação de listas de materiais. Todas essas variações do mesmo tamanho possuem códigos no acabamento da lista de materiais.

Olha a dúvida do cliente da Cati

Eu costumo customizar um estilo de material e acabamento por tamanho… Como eu consigo selecionar múltiplos estilos por cada tamanho?

1. Iniciando o Configurador do Toolbox

A resposta para isso encontra-se no configurador do Toolbox. Recomendo que a configuração do suplemento seja executada com o SolidWorks fechado. Para isso, deve-se iniciar o programa de configuração do Toolbox

Menu iniciar –> Programas –> SolidWorks XXXX –> Ferramentas do SolidWorks –> Configurações do Toolbox.

image

2. Selecionando o Fastner a ser customizado

Para isso, deve-se navegar pelas normas a serem modificadas, selecionar o hardware a ser modificado, e tipo do mesmo.

image

Nota: é interessante criar uma cópia da norma a ser modificada para não afetar a norma original para que em caso de problemas, tudo seja facilmente contornável.

Observar que o parafuso selecionado possui 1038 configurações possíveis. Para facilitar a vida, o administrador do toolbox pode fazer algumas limpezas de opções desnecessárias. Para a representação da rosca, por exemplo, pode-se desmarcar os tipos de rosca que não são os padrões utilizados pela empresa. Ou alguem usa a representação Simplificada, Cosmética ou esquemática. Pessoalmente, a cosmética seria a única que eu deixaria marcada.

image

Observar que o número de configurações possíveis caiu para 1/3 do que existia antes

image

3. Adição de propriedades customizadas

Uma vez que as configurações desnecessárias forem removidas, hora de trabalhar em adicionar as propriedades personalizadas ou editar uma existente.

  • Para adicionar uma propriedade personalizada, selecionar a opção Adicionar propriedade personalizada.

image

  • Depois de iniciar a criação da propriedades personalizada, uma caixa com propriedades personalizadas aparecerá. Escrevar um nome para a propriedade e selecione o desejado para opções e tipos.
    • Opções
      • Adicionar como específico da configuração – Cria uma propriedade específica da configuração. Se esta opção estiver desmarcada (não específico da configuração), a propriedade será exibida na aba de propriedades personalizadas.
      • Cada valor para esta propriedade requer um novo nome de configuração – Cria um nova configuração para cada valor único desta propriedade. Para propriedades do tipo de caixa de texto, o valor da propriedade é adicionado como sufixo ao nome da configuração. Para propriedades de tipo lista, um sufixo deverá ser definido para cada valor de lista.
      • Exibir no Property Manager – Exibe a propriedade no PropertyManager do componente no SolidWorks. Marcar ou desmarcar Adicionar como propriedade específica da configuração automaticamente marca ou desmarca esta opção, mas você ainda poderá marcá-la ou desmarcá-la manualmente.
    • Tipo
      • Caixa de texto – Cria uma propriedade definida por caixa de texto
      • Lista – Cria uma propriedade com uma lista de valores
      • Vincular a propriedade do material do SolidWorks – Somente para propriedades do tipo lista. Cria uma lista de materiais vinculada a propriedades de materiais do SolidWorks.
        Somente uma propriedade poderá ser vinculada aos materiais do SolidWorks

4. Definindo a propriedade material

Para um componente em que existirá a definição de materiais, é adequado seguir o procedimento abaixo. Estes itens foram definidos

  • Nome da propriedade: Material
  • Tipo: Lista
  • Marcar as 3 opções
    • Adicionar como propriedade específica da configuração
    • Cada valor para esta propriedade requer um novo nome de configuração
    • Exibir no property manager
  • E preencher os mateiriais disponíveis para cada tipo de componente.

image

A última coisa a ser marcada é opção “link para material do SW”.

5. Vinculando a propriedade com o material

Com a propriedade ainda em definição, pode-se definir o mateial para cada cada um dos valores que está em definição.

image

Obervar que a cada item da lista poderemos selecionar um material conforme as bibliotecas de materiais disponíveis.

image

6. Considerações finais

Confirmar a propriedade do Toolbox a ser criada e salve a biblioteca do Toolbox.

No próximo post eu continuo com mais truques e explicações.

Sds,
Kastner

[...]

SolidWorks World – Programando a Viagem

Postado por Guilherme Kastner Dia 10 de agosto de 2010

image Senhores,

Com uma certa programação e um bom cartão de crédito a viagem para os Estados Unidos pode estar ao alcance de qualquer um, acreditem. Tudo é uma questão de ponto de vista para avaliar se a viagem pode ser bacana ou não.

Eu acho que é simples se programar para viajar depois de estar com um passaporte em mãos. Viagem para o exterior uma vez que estamos com a documentação em mãos é simples… Querem ver uma coisa?

Segue aqui abaixo uma pesquisa para viajar de Porto Alegre a Manaus no feriado da independência do Brasil pela companhia Gol Transportes aéreos. Não é algo tão barato e acessível para todo mundo.

image

Se comprarmos hoje uma passagem para San Antonio, cidade do próximo SolidWorks World poderemos ter uma agradável surpresa quanto a preços.

image

Eu retirei a imagem acima do site Submarino Viagens. Com um bom cartão de crédito uma viagem com saída de São Paulo a San Antonio pode ser algo viável desde que tenhamos um planejamento bem feito.

Quem desejar pode averiguar como seriam os preços para viajar até Dallas, capital do Texas, e depois averiguar um meio de se ir até San Antônio.

Não estou dizendo que uma viagem para o SolidWorks World é barata, apenas quero mostrar a todos que tem o sonho ou interesse que meios de se programar para tal jornada existem. Vale a pena pensar no que será feito, na grana que as vezes investiríamos em acessórios para o carro ou coisa diferente para trocar por uma viagem totalmente inesquecível.

Sds,
Kastner

[...]

SolidWorks World – Preparação para a viagem

Postado por Guilherme Kastner Dia 9 de agosto de 2010

image Senhores,

A preparação para a viagem ao SolidWorks World demanda um planejamento bem interessante aos brasileiros. Existem muitos pontos a serem observados com calma e quero compartilhar as minhas experiências e cuidados para que todos sejam felizes nesta jornada a San Antonio.

Obtenção de passaporte – Passaporte comum para brasileiros

Todo mundo sabe que para se viajar aos Estados Unidos é necessário um documento importantíssimo conhecido como Passaporte. A obtenção dele requer toda uma série de cuidados e procedimentos a serem tomados.

Em primeiro lugar, vá até o site da polícia federal e preencha os dados necessários para o mesmo.

http://www.dpf.gov.br/servicos/passaporte/requerer-passaporte

Lembro que alguns documentos importantíssimos deverão estar em mãos para preenchimento do passaporte

  • Certidão de nascimento
  • Carteira de identidade
  • Carteira do exército
  • CPF
  • Título de Eleitor

Algumas informações sempre são necessárias de serem preenchidas naturalmente como endereço.

Depois de preencher todos os dados, deve-se realizar o seguinte procedimento

  • Agendar uma data para a entrevista do passaporte
  • Realizar o pagamento de uma guia que deverá ser apresentada no dia da entrevista.

É muito importante prestar atenção nos documentos necessários para a entrevista agendada e vista-se de maneira apresentável pois a foto do novo passaporte brasileiro normalmente é tirada na hora.

Uma coisa que normalmente eu achava muito inútil mas é exigido para a obtenção dos passaportes são os comprovantes de comparecimento as eleições. Guarde sempre estes canhotos, geralmente são solicitados os três últimos canhotos ou compareça ao cartório de sua cidade.

A obtenção do passaporte deve ser feita hoje se você sonha em ir para os Estados Unidos, a minha primeira viagem quase foi cancelada por eu não ter ele em dia. O agendamento da entrevista pode durar meses conforme a situação econômica de nosso país ou do resto do mundo, acredite que isso é sério mesmo.

Visto Americano – Todos os passos

A maior dificuldade dos brasileiros que desejam viajar para os Estados Unidos é a obtenção de visto. No início eu cheguei a pensar que era algo desnecessário mas não é mesmo. O que eles desejam é

  • Protejer a eles mesmos
  • Protejer a integridade dos turistas que entram em seu país

imageUm turista que resolve ficar em um país estranho tende a ficar em necessidades por ser um país com um idioma diferente, uma cultura diferente e com leis diferentes. O que os americanos não querem é que acabemos por tirar empregos deles desnecessariamente ou acabemos virando mendigos ou pessoas que passam dificuldades em seus país.

Acreditem que os americanos são hospitaleiros por mais incrível que isso possa parecer. O que não podemos é tentar violar as regras da casa deles, ou melhor, país deles. Portanto, quem deseja um visto para viajar ao país deles deve jogar limpo e saber claramente para que está viajando. No caso de quem está lendo este post, o objetivo da viagem deve ser claramente a viagem para o SolidWorks World.

Ok, agora com a introdução, vamos ao passo a passo para a obtenção do visto. Em primeiro lugar, se planeje com antecedência para a entrevista do visto, afinal você não é o único que deseja viajar para os Estados Unidos, olhe a imagem abaixo com a previsão de agendamento para o visto (obtida no dia 08/08/2010)… Essas datas podem passar para mais de 90 dias conforme a época do ano. Portanto, se planejar é algo muito importante.

image

Para a obtenção do visto deve-se entrar no site abaixo:

http://www.visto-eua.com.br/agendamento-web/index.jsp?locale=pt_BR

Com o link acima, teremos todos os procedimentos para a obtenção do visto. Não se esquecer de levar todos os documentos necessários para a entrevista. Lembro que apenas existem consulados para entrevistas nas seguintes cidades

  • Brasília
  • Recife
  • Rio de Janeiro
  • São Paulo

Alguns documentos que poderão serem requeridos para a entrevista

  • Declaração do imposto de renda
  • Holerites
  • Extrato bancário

Algumas dicas para sucesso na entrevista

  • Não mentir para o funcionário do consulado
  • Preencher a ficha claramente para que seja facilmente compreendida
  • Deixar que o funcionário faça as perguntas claramente

Com calma, todos conseguiremos a obtenção do visto para viagem aos Estados Unidos.

Devo escrever mais sobre o assunto nos próximos dias.

Sds,
Kastner

[...]

SolidWorks World – San Antonio – 2011

Postado por Guilherme Kastner Dia 6 de agosto de 2010

Senhores,

SolidWorks World se aproxima e acho que está na hora de nos prepararmos para fazer as malas e irmos para lá participar de uma grande comunidade de usuários de uma ferramenta CAD.

Lembro que já escrevi muito sobre o SolidWorks World. Tenho uma categoria específica para o assunto aqui no Blog.

http://www.kastner.com.br/search/label/SolidWorks%20World

Eu fui convidado pela SolidWorks para comparecer na última edição do SolidWorks World e descrevi o que desejava lá ver.

http://www.kastner.com.br/2010/01/solidworks-world-o-que-eu-quero-la-ver.html

Para quem deseja trocar muitas ideias sobre utilização de SolidWorks é uma coisa que vale a pena ser feita. Existem muitas apresentações de usuários que são feitas durante a conferência. Pode-se procurar por várias delas aqui no blog. Em boa parte das apresentações quem ministra são usuários e não funcionários de revendas ou da SolidWorks.

http://www.kastner.com.br/2009/03/dezign-stuff-esta-de-casa-nova.html

http://www.kastner.com.br/2009/03/photoworks-solidworks-world.html

image Local da próxima conferência – San Antonio

A próxima conferência da SolidWorks será em San Antonio, Texas. Confiram o link para o Wikipedia onde a cidade é descrita.

http://pt.wikipedia.org/wiki/San_Antonio

Vou detalhar algumas das características da cidade

  • Nomeada em homenagem ao santo Português Santo Antônio de Pádua
  • Geralmente possui 300 dias anuais de sol
  • Mais de 26 milhões de pessoas visitam San Atonio anualmente.
  • É a segunda maios cidade do Texas e a sétima maior dos Estados Unidos
  • Uma das cidades de maior crescimento da américa
  • Aproximadamente 60% da população residente é composta por latinos e hispânicos
  • É o local da Batalha do Alamo de 1836
  • O Zoológico de San Antonio é o terceiro maior dos Estados Unidos
  • É a cidade do time de basquete da NBA conhecido como San Antonio Spurs.

Essa cidade é maravilhosa com uma série de atrações turísticas, entre elas (retirado do site SolidWorks Legion)

Creio que de atrações a cidade está cheia, né?

image

image

Data da próxima conferência

Agendem nas suas agendas a data da próxima conferência do SolidWorks World.

image

http://www.solidworks.com/swworld2011/

Devo escrever mais sobre o assunto nos próximos dias.

Sds,
Kastner

[...]

Licença de Solidworks – NetWork – Parte 2

Postado por Guilherme Kastner Dia 5 de agosto de 2010

Senhores,

Licenças em rede possibilitam muitas coisas para a administração da utilização do SolidWorks. São muitos detalhes, possibilidades, funcionalidades. Quero descrevê-las aqui no blog para que todos se sintam mais a vontade de considerar a migração a este tipo de administração de licenças.

Conceito

Excencialmente, pode utilizar a licença quem abre o SolidWorks enquanto o administrador de licenças possui usuários disponíveis. Em resumo, quem abre o SolidWorks primeiro pode usar.

Problema 1

Se a empresa possui poucas licenças para a quantidade de usuários que tem de fazer uso da ferramenta, uma pessoa poderá chegar no início do expediente, abrir o SolidWorks para garantir o uso dele, sair passeando ou olhando e-mails sem fazer uso da ferramenta. O usuário estaria com a licença garantida mas não estaria usando ela.

Para evitar este tipo de coisa, o SolidWorks pode criar uma regra de TIMEOUT no servidor para evitar que os usuários permaneçam ligados na licença mas com a utilização do software inativa. Isso acaba evitando a atuação de engraçadinhos que tentem bloquear o uso da ferramenta.

Problema 2

A compra da ferramenta CAD muitas vezes vem com verbas de vários setores da empresa. Por exemplo, acompanhem o raciocínio abaixo:

  • A empresa comprou 12 cópias de SolidWorks
  • 4 cópias vieram de uma engenharia de produto
  • 4 cópias foram destinadas a uma engenharia de manutenção
  • 4 cópias destinadas a equipe de engenharia de pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias

Para isso, o SolidWorks License Manager Tool permite distribuir as licenças apenas para os usuários de determinada área.

Assim quem não é da engenharia de Manutenção não poderá utilizar as licenças dela mesmo que elas estejam disponíveis pois elas são de uso exclusivo de um setor.

Problema 3

Possuo um usuário que tem de sair com uma grande frequencia da empresa para visita a clientes para apresentação de projetos, resolver problemas de manutenção ou participação de eventos.

Por padrão a licença do SolidWorks em rede depende de uma conexão da máquina de um usuário com um servidor de administração. Para este tipo de situação o usuário pode obter um empréstimo de licenças por um período máximo de 30 dias. Confesso que eu, por exemplo, já fiquei viajando mais de 30 dias sem voltar para a base da empresa onde trabalho e ainda não me acho um únco ser no mundo que passa por este tipo de situação. Acredito que outros desafortunados devem enfrentar situação semelhante, né?

imagePara isso, a maneira mais adequada de se resolver o problema é efetuar uma conexão VPN para se conectar com o servidor de sua empresa e renovar a licença. Conexão VPN não é nada do outro mundo ou extremamente complexo. Lembro que não é em qualquer rede que permite nos conectarmos via VPN com outro servidor mas com recursos de conexão via tecnologia 3g isso é extremamente descomplicado. O procedimento para uma conexão VPN é extremamente simles se contarmos com o Sistema operacional Windows 7.

Lembro que no momento em que o usuário faz o empréstimo da licença ela deixa de estar disponível no servidor para que outros usuários possam utilizá-la.

Sds,
Kastner

[...]

Licenças de SolidWorks – NetWork – Parte 1

Postado por Guilherme Kastner Dia 3 de agosto de 2010

Senhores,

A licença de rede do SolidWorks é a melhor para ser administrada. Quero perder um tempo discutindo os benefícios da mesma, técnicas de administração e vantagens comerciais da mesma para quem está adquirindo a ferramenta se sinta mais a vontade para a instalação da ferramenta.

Conceito

Em um servidor da empresa é instalado um pequeno software de administração de licenças. Esse software fica responsável por uma série de itens

  • Quantidades de licenças disponíveis para utilização do SolidWorks
  • Módulos e suplementos disponíveis
    • Licenças de Solidworks
    • Solidworks Professional
    • SolidWorks Premium
    • SolidWorks Workgroup PDM
    • SolidWorks Simulation
  • Distribuição de um único número de série de SolidWorks para toda a empresa.

Com isso, pode-se instalar quantos Solidworks foram necessários por toda a empresa mas estes estarão sincronizados com um único serviço de licenças.

Entendam que se a minha empresa possui 50 licenças de SolidWorks eu poderei instalar em quantos computadores que necessitar… 55, 100, 200 ou até mais estações de trabalho mas apenas 50 licenças estarão disponíveis para utilização simultânea uma vez que o servidor controla este recurso.

Vantagens

Caso nem todos os projetistas utilizem a ferramenta CAD em tempo integral, a empresa poderá deixar as licenças livres para serem utilizadas por outras pessoas a qualquer momento. Caso 3 projetistas necessitem do software esporadicamente talvez uma licença basta para eles e não uma licença parada para cada um deles.

Um dos problemas de se comprar licenças StandAlone é que nem sempre os vencimentos das assinaturas ocorrem simultaneamente. Daí ocorre as bobagens de parte das licenças da empresa após o término da assinatura estarem disponíveis para evoluir a uma nova versão enquanto a outra não. Lembro que o SolidWorks não possui compatibilidade reversa.

http://www.kastner.com.br/2010/03/compatibilidade-reversa-nada-pode-ser.html

Um licença em rede acaba por evitar que parte dos usuários da empresa salvem os projetos em uma versão que o restante da equipe não possa manipular.

Vantagens para Instalação

Uma vez que todos os usuários possuem o mesmo serial para a instalação da licença de rede do SolidWorks, a instalação acaba sendo muito simplificada. É criada uma versão da instalação própria para a empresa com algumas coisas previamente definidas

Atualização automática de Service Packs para as máquinas clientes após a criação eficiente e distribuição correta nas máquinas usuárias. Uma vez que a imagem for atualizada corretamente no servidor todos os clientes são atualizados de maneira muito simples.

Conclusões

Devo escrever mais sobre o assunto para ajudar a todos a entender mais possibilidades para uma instalação em rede com o SolidWorks.

Sds,
Kastner

[...]

Licenças de SolidWorks – Standalone

Postado por Guilherme Kastner Dia 2 de agosto de 2010

Senhores,

Depois de um final de semana instalando o SolidWorks em um cliente resolvi que hora de escrever sobre tipos de licenças de SolidWorks, o Serial Number e mais alguns outros itens que ajudam a revenda e os clientes.

A primeira coisa é entender sobre as licenças de Solidworks e a licença mais básica é a licença Standalone. Essa licença é a mais comercializada de SolidWorks por não ter nenhuma complicação na instalação e o custo ser mais em conta. Vamos a um princípio de uma licença de uso de Software

  • O Cliente compra uma licença de uso do software e não o software em si
  • A licença de uso é intransferível… Você não pode simplesmente transferir ou vender a outra pessoa. Afinal é vender.

Venda ou transferência de licenças não é possível. Isso é só concedido por revendas.

Definição

Só é possível instalar a quantidade de licenças compradas pelo cliente. Isso é um dos requerimentos para licenças Standalone. Se eu comprar uma licença posso instalar em 1 computador. Se eu necessitar instalar em mais computadores, necessitarei comprar mais licenças.

No que se baseia

Para cada licença que uma empresa compra a mesma recebe um número de série. E em cada máquina em que o software será instalado o SolidWorks estará com um serial diferenciado.

Problema

Em uma empresa com várias licenças compradas para instalações Standalone a administração de vários números de série pode ser o início de uma série de problemas.

  • Saber qual serial está instalado em uma máquina
  • Manter todos os seriais com atualização constante no contrato de subscription.

Liberação

No momento da instalação o usuário deverá informar o número de série para que o software reconheça algumas coisas

  • Versão do SolidWorks a ser instalada
  • Suplementos do SolidWorks a serem instalados

Após a instalação o usuário deverá contar com acesso a internet, preferencialmente, para obter a licença de uso do aplicativo.

Desinstalação

Antes da desinstalação do SolidWorks ou formatação da estação de trabalho o usuário deverá liberar a licença de uso do aplicativo junto a SolidWorks.

[...]

© Copyright SolidWorks e as Dicas do Kastner | Design por Paulo Estevão